Mistura de sentimentos, mistura de sensações.

04
Dez 08

Quando te dizem "Amo-te para sempre" tu acreditas? Bem, eu não... Acredito no amor, mas não acredito que alguem seja capaz de amar outra pessoa para sempre... É impossível, as pessoas mudam, as suas personalidades mudam, já para não falar que ao envelhecerem ficam mais gordas, mais feias, mais velhas, sei lá... E, por este motivo é como se se fossem tornando pessoas diferentes ao longo dos tempos, resumindo, não estamos a amar o mesmo ser; estamos a amar diferentes personalidades, diferentes corpos, num só, ao longo de uma vida... Mas alguém aguenta uma vida inteira com uma pessoa amando-a "como na primeira vez"? É uma pergunta pretinente... Penso que não... Chega-se a uma fase e passamos do amor, do fogo, da paixão e da actracção física para o hábito, respeito (ou não), amizade (se existir), sei lá... Deixamos de sentir que amamos e somos amados. Isto é terrível, tornamo-nos mais escuros, mais vazios, deixa de existir o brilho a cada manhã, o Sol parece que não brilha, os dias deixam de ser uma aventura. Há aventura e risco sem amor? Desculpem, mas não há; o amor é o cordão de tudo, e não é necessário ser aquele amor por uma pessoa do sexo oposto (ou do mesmo sexo, depende), pode ser por um amigo, o amor a uma aventura, o amor ao gozo e ao divertimento.

 

Ai, o amor... Acredito que existe, mas às vezes penso se não será tudo uma ilusão, já que há tanta gente a viver nela, porque é que o amor não pode ser parte dessa ilusão?

Provas de amor? Como se pode provar um sentimento? Não podem haver provas físicas que se ama... Uma pessoa pode amar outra sem a tocar, sem a beijar, basta o que tá dentro (do coração?), e penso que não podemos provar um sentimento; não é com beijos ou com noites quentes que se prova alguma coisa; beijamos muitas vezes quem não amamos, para passar o tempo, para mostrar superioridade, para magoar outrem...

 

Não se iludam, aprendam, nada é para sempre, o amor não é para sempre, não acreditem no "amo-te para sempre", mentiras (sem intenção por diversas vezes, mas são mentiras, não deixam de o ser).

 

publicado por Filipa Sales às 14:58
sinto-me: Inteligente
música: Summer Jam - The Underdog Project

comentários:
Sinceramente se me dissessem isso duvidava um bocado pois ninguém sabe o futuro, ninguém sabe o dia de amanhã. Mas acredito numa bela historia de amor =) Acredito mesmo que duas pessoas possam viver uma grande historia de amor. Adoro romantismo mas nao em exagero. Há limites para tudo, até para a coisa mais bela. Como disseste as personalidades mudam, as pessoas ficam mais velhas, mais feias... Dizes bem mas quando se ama nao importa a beleza, ama-se pelo seu interior e "quem feio ama bonito lhe parece". Uma pessoa com um interior lindo, torna o seu exterior com algo de belo. Personalidade, bem embora ninguem se aperceba, a nossa personalidade vai mudando de dia para dia. Todos os dias sao uma liçao de vida, todos os dias aprendemos sempre mais um pouco. Vamos aprendendo a lidar com os problemas que aparecem quando menos esperamos e sem darmos conta vamos mudando sempre um bocado a nossa maneira de ser, a nossa maneira de lidar, de ser com as pessoas e com a vida. Quando se começa a amar uma pessoa (amar mesmo, nao é cá amar hoje e amanha ja se esqueceu) ama-se pelo que foi, pelo que é e pelo que será independentemente das mudanças fisicas. Ama-se com o coraçao, nao com os olhos. Acredito que passado varios anos sempre com a mesma pessoa que deixe de haver amor entre ambos mas sim habito de estar presente, de estar sempre com aquela pessoa. Mas se calhar nesses namoros, nesses casamentos de longa data haja amor desde o primeiro dia até à sua morte. O amor nao tem que ser sempre a mesma coisa. Amor nao é rotina. Uma relaçao entre duas pessoas, onde o amor esteja bastante presente pode ser uma relaçao onde haja misterio, onde haja sempre mais e mais para se descobrir...Sera que me percebem? Sim e quem diz amor, também pode ser amor entre amigos. Bolas eu amo os meus amigos. Cada dia é uma aventura, uma prova de que quero tê-los sempre comigo.

Ai achas que nao há provas de amor? Experimenta beijares um rapaz que ames e um rapaz que achas completamente indiferente. Acredita nao é a mesma coisa. Quando se ama, meu deus! Nem há provas...Está na cara, no brilho do seu olhar, no sorriso. Todas as acçoes sao provas. O ser humano reage conforme os sentimentos. =)
bepure a 4 de Dezembro de 2008 às 21:22

Os beijos como prova só servem para nos provar a nós de alguma coisa, o parceiro fica a viver na iludão, não sabe se é ou não amado... Acham isto correcto? Bem, eu não. Para mim não há provas que se possam dar ao outro, só a nós, isto é se conseguirmos provar alguma coisa a nós próprios, o que para alguns é dificil, alguns vivem na plena ilusão de si mesmos.
Eu acredito no amor, mas nao acredito no amor eterno. O amor pode ser eterno, mas não verdadeiro.
Filipa Sales a 4 de Dezembro de 2008 às 23:46

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
18
19
20

22
23
25
26
27

28
29
30


arquivos
2008

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO